Aniversário de Bauru

A origem da cidade está por volta de 1850, com a busca de novas terras para exploração e ocupação de paulistas e mineiros. A grande região que ficava entre a Serra de Botucatu e os rios Tietê, Paranapanema e Paraná, habitada por índios Kaingang, foi escolhida. A emancipação da cidade só veio em 1986, com a chegada de migrantes de Minas e do leste paulista.
A economia do município baseava-se no café, mesmo com as terras menos fortes e fertéis que o restante do estado. Sua importância cresceu de fato em 1906, quando Bauru se torna ponto de partida da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, que ligava Bauru a Corumbá, Mato Grosso do Sul, que faz fronteira com a Bolívia. A ferrovia foi de extrema importância para o crescimento da cidade, que durante a primeira metade do século XX foi um dos principais polos econômicos do Estado.
Hoje Bauru se destaca pela oferta de serviços, pela posição central em São Paulo e pelo número de universitários, estimado em 30 mil, dos quais cerca de 20 mil vêm de fora para frequentar os cursos oferecidos pelas diversas faculdades  e pelas Universidades Públicas com campus na cidade: Unesp e USP.
A presença desses estudantes movimenta a economia, não só imobliária, como também de todos os setores ligados à vida dos jovens. A badalação da vida noturna da cidade é principalmente creditada à presença desses universitários. Com grande frequência há festas promovidas por e para estudantes, e muitos bares, lanchonetes e restaurantes os têm como principal público.
Além disso, para quem não é da cidade, a principal imagem que se faz da cidade é relacionada ao lanche que leva seu nome, por isso, a história do lanche também merece ser mencionada. O radialista bauruense Casimiro Pinto Neto, estudante de direito do largo São Francisco, era frequentador assíduo do Ponto Chic, e um dia pediu um sanduiche de pão francês sem miolo, com queijo derretido, rosbife e tomate (o picles foi adicionado depois). Quando os amigos conheceram o sanduiche que passou a ser o preferido de Casimiro, começaram a pedir o sanduiche do “Bauru”, seu apelido entre os colegas. A história está no site do próprio Ponto Chic.
O lanche hoje tem inúmeras variações, e os restaurantes que oferecem o Bauru com a receita orginal recebem uma certificação. Na cidade, o Skinão lanches (Rua Rio Branco esquina com Rua Júlio Maringoni); o Bar Aeroporto (no Aeroclub de Bauru); o Buffet Mantovani (Av. Elias Miguel Maluf, 1-25); e a Padaria Burekas (na Nações Unidas) são opções de estabelecimentos com o Bauru Original no cardápio.

Na biblioteca do campus há vários livros relacionados à história de Bauru.

Eny, de Lucius de Mello – B869 M479e
Bauru Ilustrado, de Luciano Dias Pires – Periódicos
Meu caro, Rodrigues de Abreu – B869 M557v
Bauru – Obra de referência R981 B341
Olhares sobre Bauru – 720 O38
Bauru. Eu vivo esta cidade – 711.40981 B341
Introdução a Bauru – 981 S492i
Bauru: dimensões da cidade centenária – 981.06816 B341
Bauru: 100 anos – 741.5 A221b
Complemento às narrativas sintéticas dos fatos que motivaram a Fundaçao de Bauru – 981.009 P167c
Bauru – OR981.06816 B341
Subsídios para a história da repressão em Bauru – 323.49 S934
Narrativas sintéticas dos fatos que motivaram a fundação de Bauru – 981.009 P167n
Um olhar histórico sobre a educação municipal de Bauru – 370.9 O38
Lembranças da imigração: cenas e cenários de vida dos imigrantes espanhóis em Bauru – 325.1 D29l
A representatividade política em Bauru e o poder municipal – 981 B328r
Aspectos históricos do rádio em Bauru – 070.44 C151a
A ocupação da terra e a destruição dos índios na região de Bauru – T L696o 196
Os frutos da terra : Bauru – 981.06816 F964 59.426

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s