Entre uma história e outra

“A leitura é uma questão diária, semanal, a fazer parte da vida, como comer mesmo”, Val do Varal acredita e vivencia o que diz. Atriz há mais de 15 anos, com a Companhia Giralua há 11 anos, há cerca de seis incorporou às suas atividades a contação de história. Contação que estimula esse hábito da leitura e que nos faz refletir por que não deveria estar ainda mais presente na casa de todos. Val terá dois momentos de contação de história na Semana do Livro e da Biblioteca, que acontece entre 17 e 21 de outubro. Um será voltado às crianças, e o outro aos adultos. Que motive a todos não só a ler mais, como a contar mais histórias.

Contação teatral de história de contos de natal de diversas partes do mundo

Como é feita a escolha das histórias que são usadas na contação?
Eu escolho de acordo com a idade das crianças. Eu tenho um repertório para até sete anos, para quem eu conto os contos de fada, uso uns bonecos de lã, uns bonecos bem singelos, que dão uma vida ali para a situação, mas eu conto bastante é na oralidade mesmo. Aí para os maiores, na faixa de 7 a 12 anos, eu faço roda, mediação de leitura, ou se não, eu conto histórias de memória mesmo, a partir de contos literários, contos tradicionais do Brasil também, que para esses maiores também já têm um toque engraçado, além de contos de outros países, outras culturas, mas sempre os contos tradicionais e os contos literários.

Momento de “Olhinho, Doisolhinhos, Tresolhinhos”

Quais histórias escolheu para a contação da Semana?
Pela manhã são as crianças da educação infantil, e eu vou contar para elas um conto de fadas, selecionado pelos Irmãos Grim, que se chama “Olhinho, Doisolhinhos, Tresolhinhos”, que é uma história que eu estou convivendo bastante no momento, que eu já apresentei no SESC, naquele projeto “As palavras e o mundo”. É uma história muito singela, bem para essa idade, e as crianças gostam bastante. É uma história que tem características até diferentes dos contos de fadas mais famosos, que até o Disney se apropriou, é um conto que já não é bem conhecido, mas é muito interessante. Esse foi um critério.
Então, para a contação para adultos, o que de contos tradicionais seria interessante? Eu vou contar por quê a Sherazade começou a contar história para o sultão Shariar, como é que surgiu a situação das mil e uma noites. Colocando num contexto da tradição popular, em que as histórias vão passando, na oralidade, juntando com uma história coletada pelo [Luis da] Câmara Cascudo, que é ‘O homem que botou um ovo’, aí, faço uma junção do que, segundo a tradição popular, são coisas que enfurecem o marido. Lá foi a traição, que motivou o sultão a cada noite dormir com uma mulher e cortar sua cabeça pela manhã. No caso do conto do Câmara Cascudo, a mulher se gabava muito de guardar segredo, e o marido faz o teste com ela, que, no fim, aumenta a história e o deixa muito irritado com isso, com “a mulher falar muito”. Então, ambas dentro desse contexto “Coisas que enfurecem o marido”. Mas aí já é mais uma brincadeira que dá para reunir um público adulto, mas para apreciar a história.

Val na roda de leitura de A Bruxa Salomé em Monte Verde - MG

Como ter a contação de história em casa afetou o desenvolvimento dos seus filhos (Val tem gêmeos de 11 anos e um garoto de 13)?
Eu vejo na elaboração deles do texto, do gosto de ler, eles lêem bastante. Naturalmente chega uma idade que vai talvez tendo transformações, mas, até agora, eles lêem bastante, são criativos para elaborar uma história, esse envolvimento com a língua materna, essa consciência de tudo isso. Acho que é super positivo, essa questão da história na família, a gente tinha mesmo que batalhar bastante por isso, que isso se renovasse nas casas.

Por Camila Oliveira

Crédito das imagens: Caixa de Memórias da Cia. Giralua e Tayná Matteo

Confira a programação completa da semana por aqui, e faça a sua inscrição por aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s