Resenha – Queria que você estivesse aqui

Queria que você estivesse aqui, de Francesc Miralles

“Queria que você estivesse aqui.
Somos apenas duas almas perdidas
Nadando em um aquário,
Ano após ano
Fazendo a mesma velha rota.
O que encontramos? Nossos medos de sempre
Queria que você estivesse aqui”

(Pink Floyd, Wish You Were You)

Não é por acaso que o título desta canção figura em destaque na capa do livro. No início não dei muita importância, mera coincidência, só depois compreendi que o autor talvez tivesse se inspirado na letra para compor a trama. Ausência e abandono assombram a vida amorosa de Daniel, conceituado arquiteto de Barcelona, que no auge da carreira e prestes a se casar recebe um golpe capaz de desestruturar por completo sua planejada e equilibrada rotina.

Imagine ser abandonado pela noiva em plena festa de aniversário, como se não bastasse, some a esse episódio ser substituído pelo seu melhor amigo. A festa de aniversário teria tudo para se transformar em uma festa de horrores se não fosse por um único detalhe, o presente recebido pela amiga Marta. O CD intitulado “Queria que você estivesse aqui”, interpretado pela cantora francesa Eva Winter, parecia retratar em cada melodia a trajetória de sua vida. Alimentando sua melancolia ao som dos acordes tristes, e intrigado com a misteriosa cantora que parece conhecer em minúcias sua vida, Daniel toma uma decisão no mínimo inusitada, parte a Paris na tentativa de desvendar esse enigma.

A aproximação da cantora é absolutamente desastrosa, além de ser confundido com um maníaco que a persegue, a decepção de Daniel é imensa ao constatar que a Eva da vida real não passa de uma jovem insegura e desafinada, que ao invés de se apresentar em grandes concertos promove um vexame musical a meia dúzia de pessoas.

Resoluto em sua missão, o arquiteto vivencia inúmeras aventuras na Cidade Luz, além de se deparar com um novo mistério envolvendo o livro “O jardim secreto” e a personagem Mary, encarnada por uma misteriosa mulher. Nesse emaranhado de acontecimentos, Daniel vai “entender que uma linha reta não é a distância mais curta entre dois pontos. Há destinos na vida que exigem longos rodeios, uma habilidade especial para evoluir em círculos até encontrar a entrada para um mundo que está dentro deste, mas até então você não conhecia.”

Uma prosa irresistível, ao ritmo de uma divertida comédia romântica. Leitura despretensiosa e recheada de referências musicais e literárias, super-recomendado a leitores sensíveis em busca de um passatempo leve e delicado.

Francesc Miralles, nasceu em Barcelona, formado em filologia alemã, além de escrever regularmente artigos sobre psicologia e espiritualidade, publicou vários livros juvenis e de viagens. É autor do elogiado “Amor em minúscula”.

por Lucilene Messias

Dedicado aos amantes de literatura, o Blog da Biblioteca da Unesp, estréia no mês de março uma sessão mensal de resenhas literárias, com o objetivo de divulgar o acervo de literatura da biblioteca. De modo simples e despretensioso, apresenta uma visão ou impressão particular, ausente de qualquer corrente teórica. A resenha é assinada por uma bibliotecária que tem paixão por livros e que acredita que a leitura deve ser uma prática prazerosa e livre de qualquer preconceito. Pretendemos estimular a leitura e não uma “lei dura” que rotula, veta ou autoriza determinadas leituras. É um espaço livre que estimula o diálogo, respeitando a oposição de idéias.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Resenha – Queria que você estivesse aqui

  1. Pingback: Biblioblog Unesp Bauru

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s