Como montar sua biblioteca pessoal – parte 2

No mês passado, nós falamos sobre a seleção de materiais para compor a nossa biblioteca pessoal. Hoje vamos falar de maneiras de organizá-los virtualmente. O post foi dividido em quatro níveis, assim, você pode escolher a alternativa mais adequada a você. A ideia de fazer um registro de seus livros no seu computador é poder buscar com facilidade os títulos que você tem.

Nível Fácil

Planilha
A maneira mais simples de listar seus livros é em uma planilha, utilizando por exemplo o Excel, Calc ou Google Docs. Você pode fazer o download de um modelo aqui. As informações básicas dessa tabela são: Título, Autor e Localização do livro. Você dedica cada linha a um exemplar e as colunas podem variar de acordo com o propósito da sua tabela. O modelo disponibilizado acima inclui as informações básicas para realizar a referência bibliográfica de um livro, para você localizá-lo na estante e para saber se está disponível ou emprestado a alguém. Você pode retirar ou incluir colunas conforme seu propósito. A inclusão de  muitas colunas pode tornar a tabela tão complexa que seria mais adequado utilizar outras ferramentas apresentadas nos níveis seguintes.

Exemplo de registro de livros em tabela

Exemplo de registro de livros em tabela

Prós
Fácil de usar
Não precisa de instalação
Pode ser compartilhada com outras pessoas facilmente, utilizando uma ferramenta como o Google Drive

Contras
Recursos limitados
Não permite busca por palavras-chaves

Skoob
O Skoob é uma rede social para você compartilhar suas leituras, basta procurar um livro e marcar uma das opções sobre leitura – Lido, Lendo, Vou ler, Abandonei. Além disso, possibilita atribuir estrelas, marcar como favorito, desejado, emprestado, disponível para troca, se já possui ou se está incluído em sua meta de leitura.
Você pode marcar detalhes da sua cópia incluindo tags para categorizar o título, fazer resenhas, fazer comentários em seu histórico de leitura a medida que lê,  marcar se a edição que você leu tem uma editora, número de páginas ou capa diferentes da indicada. Ainda é possível separar revistas,  mangás/gibis e livros.

Prós
Não é preciso registrar as informações do livro
Seus amigos podem ver sua estante
É possível marcar livros emprestados
Você pode avaliar os livros atribuindo de 1 a 5 estrelas.

Contras
Não há um campo para a localização do livro
Não há um campo para indicar quem emprestou o livro

Nível Médio

Livrista
O site Livrista funciona como uma tabela mais “visual”. Assim como na tabela, você também precisará fornecer os dados sobre o livro, mas com a vantagem de incluir uma imagem da capa e de permitir compartilhar o link da sua biblioteca com amigos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Prós
Por ser online, você pode acessar e editar de qualquer computador ou dispositivo móvel
Inclusão de imagem da capa

Contras
Não há um campo para a localização do livro
Não há um campo para indicar quem emprestou o livro

Nível Difícil

Biblivre
O Biblivre é um software gratuito mais completo para gestão de bibliotecas. Você pode catalogar seus materiais no padrão Marc 21, usado nas bibliotecas da Unesp. Sua grande oferta de recursos é ao mesmo tempo um facilitador e um dificultador. Se sua intenção é fazer o registro mais simples possível da maneira mais prática, você não vai considerar o Biblivre simples. Porém, se sua ideia é manter um cadastro completo do livro, ou até mesmo um cadastro simples em um primeiro momento que possa ser complementado depois, o Biblivre é uma boa alternativa sendo a melhor para controle de empréstimos. Como o software é utilizado em algumas bibliotecas do país, ele oferece opções de catalogação e circulação (empréstimo e devolução), você pode cadastrar pessoas que podem emprestar os livros, além de fazer buscas mais completas que recuperam informações incluídas não só nos campos “Autor” e “Título”, como também em assunto, editora, resumo, etc. Se você tiver uma biblioteca realmente grande e costuma emprestar seus livros a muitas pessoas, você pode até considerar a possibilidade de hospedar seu banco de dados em um servidor, assim, as pessoas que você cadastrar podem pesquisar os livros que você tem. Como o software é livre e usado em todo país, há um fórum oficial  no qual os usuários e os desenvolvedores compartilham experiências e tiram dúvidas. Lá você consegue saber passo-a-passo da maioria das funções disponíveis,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Prós
Possibilita inclusão no cadastro dos livros de informações que auxiliem na busca
Permite catalogar outras mídias além de livros, como revistas e DVDs
Permite importar cadastros de livros de outras bibliotecas

Contras
Por ser mais completo, é mais complexo
Não pode ser consultado online sem o pagamento de um provedor

Como indico a localização?

A indicação de localização de um livro serve para facilitar a sua procura na estante. Nas bibliotecas, é comum indicar na etiqueta de localização a classificação – que indica o assunto da obra –  atribuída utilizando CDD (Classificação Decimal de Dewey) ou a CDU (Classificação Decimal Universal), e a notação do autor atribuída pela tabela PHA ou Cutter, como explicamos nesse post. No entanto, cada um pode escolher como classificar e organizar os livros de sua biblioteca, de acordo com seu perfil. Você pode saber a classificação de um livro na ficha catalográfica dele, que fica atrás da folha de rosto, ou ao importar o registro de uma biblioteca, nesse caso, é importante manter um padrão nas importações, selecionando registros de principalmente uma biblioteca, ou correrá o caso de misturar livros classificados pela CDD com livros classificados pela CDU.

A minha biblioteca pessoal

Para a minha biblioteca eu decidi usar o Biblivre. Como a minha ideia é catalogar os meus livros e os dos meus pais, há um número grande de exemplares e uma grande variedade de assuntos. E caso a minha biblioteca cresça muito, daqui alguns anos eu posso contratar um servidor para hospedá-la permitindo acessá-la pela internet.
Para catalogar os meus livros, estou começando por aqueles que estão em Bauru. Copio os registros encontrados na base Athena, corrigindo as informações que são diferentes daquelas presentes no meu exemplar. Quanto aos livros em inglês que não encontro no banco de dados da Unesp, eu procuro no site da British Library ou na Library of Congress, e se não encontrar em nenhum deles, eu mesma faço o cadastro com as informações da página de rosto e da ficha catalográfica (que fica atrás da folha de rosto).
Paralelamente, vou melhorar o perfil que já possuo no Skoob utilizando recursos que descobri ao realizar a pesquisa para o blog, como colocação de Tag para as estantes.
Quanto a localização, escolhi utilizar a classificação adotada nas bibliotecas da Unesp, preferencialmente a de Bauru, que eu encontro no registro do livro na base de dados Athena. Quanto a identificação do autor, optei por indicar as três primeiras letras de seu sobrenome, e abaixo delas as três primeiras letras do título, excluindo o artigo ou preposição quando houver. Por exemplo, o livro A arte de editar revistas da Fátima Ali, recebe classificação 070.572. A sua localização ficará 070.572 ALI ART e a etiqueta ficará como na imagem abaixo.

bitmap

Anúncios

4 pensamentos sobre “Como montar sua biblioteca pessoal – parte 2

  1. Por gentileza, qual etiquetadora ou rotulador você utiliza para colar na lombada dos livros? Possuo uma biblioteca particular com mais de 5 mil volumes e já estou enlouquecendo. Rs. No começo, eu utilizei um programinha chamado MiniBiblio, mas a coisa desandou. Eu parei de registrar as novas aquisições e suspeito que já devo ter chegado a uns 6 mil livros (e uns 2 ou 3 mil DVDs e blu-rays). Fiquei bastante interessante no Biblibre. Será um trabalho demorado, mas pretendo deixar a biblioteca FINALMENTE organizada. Agradeceria qualquer sugestão. Abraços!

  2. Pingback: Como montar sua biblioteca pessoal – parte 3 | Biblioblog Unesp Bauru

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s