Congresso de Humanidades Digitais em Portugal

congreportuga
Apresentação
Debater o papel das Humanidades na academia e na sociedade é uma tendência de longa data. A confluência deste debate com o das transformações trazidas pela tecnologia digital também não é recente: não se pode falar de “novas tecnologias” para as Humanidades quando muitos investigadores recorrem ao digital há pelo menos quatro décadas, em disciplinas tão diversas como a Linguística, a História ou os Estudos Literários. Contudo, o impacto do recente discurso ligado às Digital Humanities tem levado a desenvolvimentos interessantes na investigação em Humanidades. Com efeito, têm-se dinamizado as redes entre investigadores de uma forma nunca antes vista, têm-se construído pontes entre as Humanidades e outras Ciências, têm-se quebrado barreiras disciplinares no seio das próprias Humanidades. O Congresso de Humanidades Digitais em Portugal pretende precisamente estimular essas intersecções, abrindo um fórum de partilha e discussão de resultados de investigação ou de projectos ainda em curso neste campo de conhecimento. Apesar de o congresso ambicionar uma maior aproximação entre investigadores que trabalham em português ou sobre temáticas ligadas com Portugal, serão bem recebidos contributos de outras áreas geográficas ou de outros temas. Através das Humanidades Digitais e do seu potencial para estimular o mútuo conhecimento e a criação de redes pretende-se igualmente ajudar a quebrar essa barreira linguística/geográfica.

Temas gerais do Congresso
Sem prejuízo de outros temas que possam surgir mais tarde, o Congresso de Humanidades Digitais em Portugal convida os interessados a enviar propostas de comunicação ou cartaz que demonstrem ou discutam as potencialidades das Humanidades Digitais para a interdisciplinaridade dentro das Humanidades e com outras áreas de conhecimento, bem como para a produção de um conhecimento mais acessível e aberto. As comunicações serão organizadas em seis blocos temáticos:

Espaço: Exploração de dados georeferenciados nas Humanidades
Corpora: Recolha, anotação e pesquisa de grandes volumes de informação textual
Mundos virtuais: Recriação e exploração de ambientes humanos presentes e passados
Edição e preservação digital: Edições críticas electrónicas e preservação do património
Visualização: Construção de interpretações visuais de dados nas Humanidades
Ferramentas: Apresentação e discussão de software aplicado às Humanidades

Fonte: http://bdh.hypotheses.org/1257

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s