Conheça o ‘Biblioteca Falada’

projeto-biblioteca-falada
O Biblioteca Falada, projeto de extensão da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC) da Unesp de Bauru, tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento das aptidões de audioleitura e aquisição de conhecimentos para a inclusão social dos portadores de necessidades especiais visuais. Através da transformação de textos do impresso para o áudio, eles possibilitam que deficientes visuais possam ouvir diversos conteúdos literários, jornalísticos e até mesmo descrições de videoclipes e trailers. Aberto para todos os alunos, professores e funcionários da Unesp de Bauru, o projeto hoje conta com nove pessoas que participam de todas as etapas: desde a elaboração e adaptação de roteiros até a locução, edição e sonoplastia. “Dessa forma, os participantes conseguem ter uma visão geral e bastante prática da dinâmica de produção para as mídias sonoras, além de exercitarem a locução, a produção de áudio (construção de vinhetas, seleção e mixagem de trilhas), a montagem, entre outras atividades”, explica a Profª. Drª. Suely Maciel do Departamento de Ciências Humanas, coordenadora do Biblioteca Falada. Os textos são escolhidos a partir das demandas e sugestões dos alunos do Lar Escola Santa Luzia para Cegos de Bauru. Hoje, o projeto atende cerca de 40 alunos do Lar, que recebem os áudios finalizados em CDs e DVDs, e também um público potencial estimado em 10 mil pessoas por mês que podem acessar a página do projeto na internet. A coordenadora Suely Maciel explica que “a proposta visa proporcionar o contato com a realidade de um grupo especial, que são os deficientes visuais, contribuindo para desenvolver no discente o senso crítico em relação aos problemas dos diferentes grupos sociais e o respeito por eles, calcado nas noções de cidadania e de direitos humanos”.
Se você se interessou e deseja participar do Biblioteca Falada, basta enviar um e-mail para suelymaciel@faac.unesp.br. O projeto está se organizando novamente neste começo de semestre e está de portas abertas a novos voluntários.

ACI/FAAC – Unesp

http://www.unesp.br/portal…

Anúncios

Adeus ao Professor Chamadoira

Professor Chamadoira mostrando um botão de seu time de escritores.

Chamadoira e seu time de escritores. / http://www.clubedobotao.com/

Hoje é um dia de luto para a Unesp de Bauru, especialmente para a FAAC. O professor João Batista Chamadoira Neto, aposentado do Departamento de Ciências Humanas, faleceu no final da tarde de ontem, 24, vítima de um acidente de trânsito na rodovia Bauru – Iacanga, próximo ao trevo de Aerealva.

Além de professor, Chamadoira era poeta e fazia parte da Academia Bauruense de Letras. Seus projetos enquanto professor eram ligados a literatura e ao rádio, destacando os programas “Poesia e Prosa” e “O Rádio Conta o Rádio”, na Unesp FM. O professor também era responsável pelo projeto “Biblioteca Falada”, em que, com a colaboração de alunos do curso de Jornalismo, fazia a locução de clássicos literários para deficientes visuais do Lar Santa Luzia – Escola para cegos. O projeto foi destaque no blog em 2009 e Na Biblioteca, o professor Chamadoira era visita regular, participando, inclusive, de vários encontros do Clube da Leitura.

Como meu professor, lembro de alguém que buscava chamar seus alunos pelo nome, mesmo que nem sempre acertasse, que amava o rádio e sua história, e não ficava uma aula sem nos contar um fato ou um “causo” dessa história e de sua história pessoal, de Atibaia a Bauru, passando pelo seu período na USP e todas as suas viagens. Ontem, durante a cerimônia de colação de grau de uma das últimas turmas que lecionou, o clima foi de consternação a medida que a história se espalhava entre os alunos. As expressões de descrença e pesar revelavam que Chamadoira, o “Chama”, não passou por nossa graduação sem deixar sua marca.

 Camila Oliveira

 Notícias do acidente:

Jornal Bom Dia

Jornal da Cidade

Atibaia News

G1