Sabia que também é possível fazer citação de e-mail ou palestra?

A normalização de trabalhos acadêmicos sempre gera muitas dúvidas entre os acadêmicos. Será que é possível citar as informações contidas em qualquer meio? E se possível, de que forma fazê-lo?  A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) é o órgão responsável pela normalização técnica do país e por meio dos Comitês Técnicos estabelece diretrizes que norteiam o desenvolvimento de produtos, inclusive os bibliográficos, como os Trabalhos Acadêmicos (Teses, Dissertações, Trabalhos de Conclusão de Curso, Artigos, etc).

Normalmente a citação das informações contidas em produções textuais significativas como os livros, os artigos e os relatórios técnicos não despertam muitas dúvidas, já que são os materiais mais comuns no desenvolvimento de trabalhos acadêmicos. Entretanto, é possível também citar as informações obtidas por meio de uma palestra ou um e-mail. Genial, já que a academia é um espaço de amplas reflexões que muitas vezes por falta de publicação circulam de forma restrita entre pequenos grupos.

Como citar a informação proferida em uma palestra?

Quando se tratar de dados obtidos por informação verbal (palestras, debates, comunicações, etc), indicar entre parênteses, a expressão informação verbal, mencionando-se os dados disponíveis, em nota de rodapé.

Exemplo:

No texto:

O novo medicamento estará disponível até o final deste semestre (informação verbal)¹

No rodapé da página:


1 Notícia fornecida por John A. Smith no Congresso Internacional de Engenharia Genética, em Londres, em outubro de 2001.

Observe que nesse caso não é preciso indicar os dados da informação em referências, apenas em notas.

Como referenciar informações contidas em um e-mail?

No texto:

O relatório indica um crescimento significativo no número de doadores sangüíneos. (Souza, 2002)

Nas referências:

SOUZA, P. M. Relatório mensal [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por <klucas@yahoo.com.br> em 15 mar. 2012

Lembre-se: As mensagens que circulam por intermédio do correio eletrônico devem ser referenciadas somente quando não se dispuser de nenhuma outra fonte para abordar o assunto em discussão. Mensagens trocadas por e-mail têm caráter informal, interpessoal e efêmero, e desaparecem rapidamente, não sendo recomendável seu uso como fonte científica ou técnica de pesquisa.

 

Fontes:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: citações em documentos: apresentação. Rio de Janeiro, 2002.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

Seção Técnica de Aquisição e Tratamento da Informação

Anúncios

Um pensamento sobre “Sabia que também é possível fazer citação de e-mail ou palestra?

  1. Pingback: Sabia que também é possível fazer citação de e-mail ou palestra? | Sistema de Bibliotecas UCS - Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s